Filme sobre escalada feminina no maior big wall do Peru é liberado na íntegra

Há pouco mais de um ano, a escaladora brasileira Branca Franco publicou um relato sobre a escalada em um dos lugares mais icônicos da escalada em estilo big wall: La Esfinge.

A via “La Esfinge” é também conhecida por outros nomes como: Cerro Parón, La Torre Aguja, El Cerro Colca ou La Roca. Isso porque é uma montanha de granito e bem seca que ironicamente contrasta com os cumes nevados de sua vizinhança. A Cordillera Blanca é um dos ramais da Cordilheira Ocidental dos Andes e recebe este nome devido à quantidade exuberante de cumes nevados e está separada da Cordillera Negra pelo Pasillo de Huaylas.

A Esfinge é o maior big wall do Peru, é uma parede de granito gigante localizada na Cordilheira Branca. Sua base está a 4.600 metros e seu cume a 5.325 metros de altura acima o nível do mar. A montanha está localizada a duas horas de táxi da pequena Caraz, uma cidade muito simpática no norte do país.

Desde então, o sonho de escalar este big wall povoou a mente de Margarita Cardoso e Ana Isabel Durán. A ambição era fazer uma ascensão 100% feminina na parede de granito de 750 metros de altura.

O filme, que documenta a escalada da dupla, foi liberado para visualização na íntegra pela produtora equatoriana Afuera Producciones. A produtora, fundada em 2008 e capitaneada por Juan Alfonso Reece e José Cobo, já criou mais de 500 vídeos em seu portfólio.

La Esfinge conta com somente quatro vias com muito poucas repetições desde o ano de 1997. Foram abertas duas vias mais no ano de 1999 e sete no ano 2000. O principal conquistador do local e tido como descobridor da escalada na montanha Antonio Gómez Bohórquez, conhecido popularmente como “Sevi”. A primeira ascensão da via foi feita pelo próprio “Sevi” junto de Onofre P. García em julho de 1985. Foram necessários 9 bivacs (pernoites na rocha) para completar a via

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.