Local em São Paulo é fechado para a prática da escalada

O local de escalada conhecido como Bosque das Paredes Ocultas (BPO), que fica em uma propriedade particular, foi fechado para a prática da escalada. BPO, que fica no município de Queluz-SP, começou a ser desenvolvido no final de 2008 por escaladores da região e atualmente possui em torno de 50 vias de escaladas.

De acordo com escaladores locais, que representam a comunidade de escaladores perante os proprietários, uma reabertura do acesso já está sendo negociada. Entretanto, também afirmaram que no momento as escaladas estão suspensas. A alegação dos proprietários para a suspensão das escaladas, é de que o volume de escaladores vinha aumentando significativamente nos últimos tempos. Por conta deste volume de pessoas, é necessário uma maior organização do acesso, pois a visitação à área de escalada estava começando a incomodar a privacidade dos proprietários.

Foto: Daniel Souza

Para uma maior organização do acesso de escaladores, os proprietários optaram por interromper as atividades de escalada até que houvesse um alinhamento com a comunidade de escalada.

Após a suspensão os proprietários estiveram reunidos durante a semana com escaladores locais e representantes da comunidade, para chegarem a um denominador comum. Após esta negociação espera-se que seja encontrada uma maneira que estabelecesse algumas normas a serem seguidas por escaladores.

Novas Regras

Uma destas novas normas, que está sendo negociada pelos escaladores, é a contribuição obrigatória de um valor para o acesso. O valor ainda não foi estabelecido.

Além disso, os proprietários também pedem que haja uma maior organização nos carros estacionados, além da aplicação de uma cartilha de comportamento dos visitantes.

Foto: Daniel Souza

De acordo com as informações disponibilizadas por escaladores locais, as negociações estão avançadas e próximo de um desfecho positivo para a comunidade de escalada. Uma placa com instruções das novas regras de acesso já está sendo elaborada.

Após contato da redação da Revista Blog de Escalada, os escaladores que estão negociando com os proprietários do BPO garantiram que assim que houver mais informações será divulgado.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.