Saiba quais são os 10 maiores inimigos dos equipamentos outdoor (e como prevenir-se deles)

Todo equipamento outdoor de qualidade é caro. Isso é um fato. O valor monetário elevado por trás de qualquer equipamento outdoor vai muito além de preços de impostos, taxas de importação, ganância de importadores (e lojistas) e muitos outros motivos (verdadeiros ou lendários) que fazem parte da realidade de quem necessita comprar algo de qualidade.

Para qualquer aventura é fundamental que o equipamento outdoor seja adequado e projetado para aquele fim. Somente praticantes despreparados e irresponsáveis acreditam que passar necessidade na montanha, por causa de equipamentos improvisados, faz parte da atividade.

equipamentos outdoor

Mas após comprado o equipamento outdoor, quais são os verdadeiros inimigos deles que fazem com que se desgastem facilmente? Nada deve doer mais na alma de qualquer praticante outdoor quando vê uma corda nova com a alma aparecendo, um casaco de penas de ganso cortado ou um saco de dormir todo sujo de lama (dentro e fora). Todas estas situações podem simplesmente inutilizar um equipamento ou mesmo diminuir drasticamente a vida útil dele.

Apesar de já haver muitos artigos a respeito dos cuidados essenciais com o equipamento outdoor, é necessário também listar quem são os inimigos deles. Portanto estão listados abaixo os principais inimigos dos equipamentos outdoor:

Ladrões

Não é segredo para ninguém que a popularização dos esportes outdoor trouxe também pessoas interessadas em roubá-los. Parece incrível, mas é muito mais comum do que se se acredita. Existem pessoas em todas as localidades do mundo (não importando o país ou localidade) de olho em alguém distraído.

Há, inclusive, funcionários de academias que revendem materiais esquecidos no estabelecimento (sempre sob vista grossa dos proprietários) na internet ou mesmo no mercado negro.

equipamentos outdoor

Para constatar esta triste realidade basta verificar em sites de comércio como OLXMercado Livre e até mesmo grupos de comércio no Facebook. Com uma navegada simples por estes sites é fácil encontrar alguém oferecendo um equipamento com preço muito abaixo da realidade.

Geralmente um do o argumento de que “foi usado poucas vezes” ou que é “semi novo”. Por mais que pessoas levantam a bandeira da ética de não comprar nada de desconhecidos, muitos ignoram esta prática. Se ninguém comprasse, não existiria uma oferta tão grande em tantos lugares.

Como prevenir: Cabe à comunidade ter a consciência de não comprar equipamento outdoor de quem não se conheça. Muito menos através de qualquer rede social como facebook, whatsapp, twitter, etc. Cada elemento da comunidade deve fazer a sua parte e boicotar a compra de equipamentos sem procedência definida. Importante também criar a consciência de que um equipamento usado, qualquer que seja ele, deve custar pelo menos 40% menos que o valor de um novo. Desvalorizando equipamentos usados a comunidade de “afanadores” verá que todo o trabalho de roubo não vale a pena. 

Em contrapartida, é importante também cada praticante estar atento aos seus equipamentos e não deixa-los sem observação de alguém conhecido. Faça como antigo provérbio árabe “confie seu camelo a Alá, mas não deixe de amarrá-lo”.

Limpeza inadequada

equipamentos outdoor

Muitos praticantes adotam a política de nunca lavar o equipamento outdoor. Este tipo de filosofia pode prejudicar imensamente o equipamento, caso ele seja guardado sujo. Por isso é imprescindível prestar atenção à etiqueta do fabricante quando à limpeza e em o que cada símbolo que está ali significa.

Nela estará tudo o que necessita saber para conservar, limpar e prover uma longevidade á ele. Limpeza inadequada não é somente algum equipamento estar sujo, ou mal lavado. Também é lavagem constante de jaquetas de plumas ou forro sintético, calçados (de couro ou sintético), etc. Para a indumentária como camisetas, calças, meias e roupa íntima, quando constantemente frequentam máquinas de lavar, acabam por estragar em um tempo recorde.

Como prevenir: NUNCA deixe de consultar as instruções à risca do fabricante para a lavagem e manutenção de seu equipamento outdoor. Evite de improvisar produtos de limpeza, ou métodos de lavagem que não sejam adequados, ou que não tenha certeza de que são os corretos. Opte sempre, no caso de jaquetas e roupas, por produtos neutros e, preferencialmente, não agressivos ao tecido.

Materiais químicos

equipamentos outdoor

Grande parte dos praticantes de atividades outdoor acreditam que apenas produtos de limpeza são os produtos químicos que danificam seu equipamentos. Este é um engano comum, pois notoriamente é sabido que qualquer elemento químico é nocivo. Por elemento químico entenda que possa ser, além de detergentes e desinfetantes, os combustíveis, líquidos de pilhas e baterias, derivados de petróleo, etc.

O mais icônico dos exemplos são as pilhas das headlamps que vazam constantemente quando guardadas por muito tempo sem serem utilizadas. Quando acontece dentro de uma mochila, por exemplo, danifica, além da a própria headlamp, a mochila e o que mais estiver próximo a ela. Algo parecido pode acontecer com mochilas que são carregadas em porta-malas ou carrocerias de caminhonetes com produtos químicos.

Como prevenir: Se você pratica alguma atividade que utiliza cordas, cadeirinhas, fitas tubulares e etc, SEMPRE deixe separado na sua mochila de sua headlamp. A mesma recomendação serve para quem tem a prática de usar fogareiro de combustível. Um vazamento do combustível que utilize em seu fogareiro, pode comprometer tudo dentro da mochila, inclusive a própria mochila.

Umidade

equipamentos outdoor

Grande parte da indumentária de atividades outdoor é feita de poliamida. Este material não seca totalmente e, por isso, constantemente é guardado molhado na mochila e/ou barraca. Equipamentos outdoor, em sua maioria, resistem à água. Porém devem secar após molhados. Qualquer tipo de tecido, quando guardado molhado, há o aparecimento de fungos, conhecido como mofo ou bolor. Além do mofo, germes e bactéria podem crescer rapidamente em roupas úmidas.

Barracas que são guardadas molhadas também correm o risco de aparecer mofo, prejudicando não somente o tecido (corroendo-o) mas também afetar a saúde de quem a utilizar posteriormente. A mesma regra se aplica a jaquetas de chuva.

Como prevenir: Todo praticante de esporte outdoor deve ter o hábito de chegar em casa e tirar tudo de dentro da mochila e deixar secando e luga fresco e abrigado do sol. Também é broa prática passar um pano úmido, sem nenhum produto químico, em capas e pisos de barracas, jaquetas impermeáveis e botas. Se possível, lavar imediatamente camisetas, calças, meias e roupas íntimas. Nunca esquecer nenhuma roupa em sacos plásticos por mais de dois dias dentro da mochila, ou em algum canto da casa. Preferencialmente pendurar a mochila vazia em algum lugar fresco para que qualquer umidade acabe.

Calor

equipamentos outdoor

Um dos maiores inimigos de qualquer equipamento outdoor são superfícies superaquecidas. Qualquer equipamento deixado sobre superfícies quentes, como tampa de motores de caminhões ou caminhonetes, assim como aquecedores residenciais, pode estragar rapidamente. Aquela prática de deixar roupas atrás da geladeira para secar mais rápido pode dar fim a qualquer jaqueta ou calça impermeável.

Superfícies de produtos infláveis, como isolantes térmicos, também são muito sensíveis ao calor e, por isso, deve ficar longe de todos os lugares que emanam calor como fogueiras, aquecedores, ferros de passar, etc.

Como prevenir: Sempre que for transportar algo em um veículo, verifique se está próximo ao motor ou alguma superfície aquecida. Evite ao máximo ficar próximo a fogueiras com seus equipamentos, pois qualquer faísca pode danificar roupas e outros produtos. Evite, se possível, fumar próximo de isolantes térmicos e interior de barracas. Além de fazer mal à saúde, as brasas de cigarros podem abrir buracos em barracas, isolantes e até mesmo jaquetas impermeáveis.

Sol

equipamentos outdoor

O sol é tanto amigo, quanto inimigo dos equipamentos outdoor. O astro rei pode ajudar a secar rapidamente qualquer equipamento, mas a exposição prolongada a ele pode ter o mesmo efeito do descrito no item acima: derreter e danificar a superfície de vários equipamentos.

Por vivermos em um país tropical, o qual há a presença constante e onipresente de luz solar, é imprescindível ter cuidado redobrado.

Como prevenir: Quando lavar seus equipamentos, nunca deixá-los sob incidência do sol direta. Mesmo em um camping, procure deixar suas roupas e equipamentos secando à sombra. No momento de uma travessia, procure acampar, quando possível, em lugar protegido do sol. Caso não seja possível, desmonte a barraca nas primeiras horas de sol do dia. ao deixar a capa de uma barraca secando ao sol, não ultrapasse 15 a 20 minutos.

Uso em superfícies

equipamentos outdoor

Notadamente um equipamento outdoor é, antes de tudo, para ser usado. No seu uso enfrentará várias situações, entre as quais, roçar em superfícies, cantos, árvores, espinhos, arbustos, etc. Faz parte da atividade. Mas em algum momento da atividade pode ser evitada. Cada micro-prevenção estabelece uma micro-extensão na durabilidade da roupa.

Um dos grandes inimigos das roupas, especialmente de escaladores, é a abrasão. Cordas, calças, mosquetões, jaquetas, etc, sempre estão roçando contra superfícies e cantos que podem “comer” rapidamente o equipamento. Por isso, abusar da resistência das roupas e equipamentos pode levar a uma longevidade muito reduzida.

Há também, especialmente por parte das roupas, o perigo de furos e cores por parte de espinhos, lâminas e pontas de rocha ou arvores. Por isso é importante que o praticante da atividade esteja atendo a estas superfícies e as evite.

Como prevenir: Quando utilizar cordas e outros equipamentos de segurança em arestas ou superfícies abrasivas, procurar minimizar o contato. É boa prática colocar lonas e tecidos para amenizar o efeito de algum roçamento. Para evitar  rasgos e furos em rupas, evite cortar algo próximo a elas, assim como evitar entrar em terreno desconhecido sem ter consciência ou segurança.

Tração

equipamentos outdoor

Fisicamente falando, tração é uma força aplicada sobre um corpo numa direção perpendicular à superfície num sentido que possivelmente provoque a sua ruptura. A tração é muito comum no roçar de jaquetas e mochilas. Por isso, sempre seja cuidadoso a colocar e tirar mochilas quando estiver usando uma jaqueta.

Roupas justas (calças, camisetas e jaquetas) são frequentemente submetidas à tração natural. Com a atividade física, esta roupa ajustada tende a rasgar naturalmente ou, pelo menos, desgastar-se mais rapidamente. Especialmente nas costuras e zíperes. A mesma regra vale para mochilas supra-carregadas. Mochilas de trekking são projetadas para serem resistentes, mas quando constantemente é  submetida á sua capacidade total, ou mesmo com um conteúdo que causa uma tração excessiva nas costuras e fechamentos, tende a estragar facilmente (especialmente as de baixa qualidade).

Como prevenir: Procurar comprar roupas no tamanho adequado ao qual você possui. Qualquer peça de sua indumentária que seja utilizada ajustada, tenderá a se desgastar rapidamente. A mesma regra vale para a mochila que nunca deve ser submetida a um preenchimento de equipamentos acima de sua capacidade. Evitar que fique plenamente esticada ou com as costuras super-exigidas é fundamental para a sua longevidade.

Pressão

equipamentos outdoor

Da mesma maneira que a tração é uma inimiga de seu equipamento outdoor, apressão também é. Quando seu equipamento é submetido à pressão? Repare como são tratadas a mochilas em ônibus e aviões e terá uma boa ideia do perigo que seu equipamento no interior corre. Com a pressão de peso excessivo mosquetões podem empenar, fogareiros danificar e assim por diante. Por causa desta realidade que muitos países, como Argentina e Chile (destinos preferidos por praticantes de trekking e escalada) proíbem o transporte de botijões de fogareiro.

Peso excessivo ou mesmo uma mochila mal montada podem danificar tanto a mochila, quanto o equipamento em seu interior. Por isso saber montar uma mochila é fundamental para garantir que ela seja usada por vários anos.

Como prevenir: Nunca monte a sua mochila com pressa nem abuse de peso excessivo. Se possível procure não despachar sua mochila em checkin de aeroportos, levando-a sempre com você ao interior do avião. Uma outra prática que é excelente para a longevidade de equipamentos é distribuir o peso em mais de uma mochila.

Amigos desleixados

equipamentos outdoor

Foto : http://feveredmutterings.com

Apesar de você sempre estar atento a todos estes itens, mas por mais que queira não irá convencer ninguém de ter o mesmo cuidado. Por isso, o maior inimigo de um equipamento caro é, infelizmente algum amigo desleixado. Todos nós temos um amigo que é mais descuidado e em nome da bandeira da “vida simples e desapego” não tem a preocupação de cuidar de equipamentos outdoor. Sempre utiliza qualquer um deles até muito mais tempo da vida útil.

Muitas pessoas também são esquecidas, e acabam perdendo algo que emprestou. Muitos não se preocupam em repor, afinal é amigo.

Como prevenir: Nunca emprestar nenhum equipamento a ninguém é a melhor prática. Infelizmente desta maneira você irá se passar por antipático e, inevitavelmente, passará por alguém materialista. Evite pensar que “vida simples e desapego” é não cuidar do que você tem. Valorize a você mesmo cuidando de seus equipamentos, nunca confiando a ninguém para que tenha o mesmo cuidado que você.

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.