Empresa divulga ilustração sobre diferenças entre ginásio e rocha

back[1]Para evoluir na escalada há de sempre estar treinando e escalando.

Fato inegável.

Para isso criou-se ginásios de escalada onde muitos escaladores “torram” as suas calorias à procura de um rendimento melhor.

Cada um à sua maneira.

Alguns encaram este treinamento em ginásio mais como numa atividade social (para apenas conversarem e jogar conversa fora), outros como uma “musculação vertical” (nunca indo escalar à rocha) e outros como um complemento de sua escalada em rocha.

Cada um faz a sua escolha do que quer de sua vida de escalador.

Se é certo ou errado o tempo dirá.

Pensando mais na turma dos que desejam fazer a transição entre ginásio e rocha, a marca ASANA climbing divulgou uma ilustração que orienta às pessoas sobre as diferenças entre os dois estilos.

Embora para o leigo pareça ser a mesma coisa, não é.

A ilustração está EM INGLÊS, e levanta pontos interessantes dos dois lados : ginásio de escalada e a rocha.

557921_10151458131024471_747043170_n[1]

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é aficionado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema” e jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.