Dois escaladores morrem após acidente fatal no Fitz Roy

Dois escaladores morreram durante uma escalada na Aguja Poicenot (3.002 m), que faz parte do maciço do Fitz Roy, próximo da cidade de El Chaltén, na Argentina. Segundo relatou o jornal Ahora Calafate, a dupla de escaladores, identificados como Dario Möckli, da Suíça, e Pascal Nähring, da Alemanha, faleceram após caírem de uma altura de aproximadamente 1.000 metros.

Os corpos da dupla foram encontrados no sábado por escaladores de El Chaltén que regressavam de uma expedição quando encontraram os corpos e alertaram as autoridades locais.

Foto : http://ahoracalafate.com.ar/

Os corpos dos escaladores estavam entre Aguja PoincenotRafael Juárez e, após análise da disposição dos equipamentos, estavam subindo em simultâneo. De acordo com a Dra. Carolina Codó, coordenadora da Comissão de Resgate, Möckli e Nähring caíram de 800 a 1.200 metros pela parede sudeste da Aguja Poicenot que é muito lisa e vertical. Provavelmente um deles caiu e acabou tirando o companheiro da parede por estarem adotando o estilo de escalada simultâneo.

A dupla, que deveria ter retornado à Suíça no final de semana, não haviam desembarcado. A família preocupada começou acionar os canais possíveis para busca. Até o momento a família não divulgou qual a decisão a tomar sobre o resgate dos corpo. Em Zurich, cidade a qual ambos escaladores moravam, após a divulgação da notícia há uma comoção entre a população. Pascal Nähring era jogador de futebol pelo time da primeira divisão suíça SC Wipkingen. O site oficial do time está em luto.

Para maiores informações : http://ahoracalafate.com.ar

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.