Destaques da escalada brasileira de 2012

Escolher os destaques da escalada brasileira não é uma tarefa fácil.

Para muitos será injustiça para escalador “x” ou “y”.

Para quem vive de garimpar notícias, realizar entrevistas e publicar análise de equipamentos, e principalmente de vídeos, é apenas mais uma tarefa.

Tarefa esta que haverá milhões de cornetadas, e outro milhões de pessoas bradando com o braço levantado e punho cerrado por culpa de uma simples opinião.

Porém um aviso para o mais nazista , ou fascista, escalador: alguém ter sido ou não destaque da escalada em 2012 em nada torna ele melhor, ou pior, pessoa ou escalador.

A vida irá seguir normalmente, e todos continuarão  a escalar, trabalhar e viver.

Os nomes foram compilados levando em consideração ,sobretudo, além dos feitos esportivos em si, também os serviços prestados à comunidade escaladora.

1 – Raphael Nishimura

raphael-nishimura-em-escalada[1]Porque: O atleta paulista sagrou-se vice-campeão mundial de paraescalada, e tornou-se o brasileiro de melhor resultado em competições da história do país.

Esbanjando simpatia, humildade e determinação, Raphael é sem dúvida merecedor de todos os prêmios, nomeações e patrocínios de marcas que valorizam a escalada e a superação.

2 – Máximo Kausch

20120724_150506_g[1]Porque: Por superar todas as marcas de alta montanha existentes no Brasil, realizando em uma viagem 50 cumes em montanhas de mais de 6000 metros, além de contribuir para a comunidade coletando várias rotas em GPS e as divulgando e disponibilizando gratuitamente.

Máximo é hoje um dos maiores nomes do cenário brasileiro quando se fala em alta montanha.

3 – Adrena Esporte e Aventura

adrena_10anos-e1325536603612[1]Porque: Toda a equipe, tanto de organização, quanto de execução, da empresa Adrena Esporte e Aventura de Belo Horizonte por organizar o campeonato brasileiro de boulder, e em várias etapas.

O campeonato brasileiro estava restrito a etapas únicas por quem deveria organizar de fato.

A Adrena mostrou que é possível mobilizar tanto comunidade e marcas para organizar um campeonato em várias etapas, além de resgatar a autoestima da escalada de campeonatos no Brasil.

4 – Clube Montis

logoMontis-e1322525117354[1]Porque: O clube Montis, do estado de Minas Gerais é exemplo de como é possível sim pessoas organizarem locais de escalada em propriedades particular.

Promovendo manutenção, organização e mapeamento do local conhecido como Lapa do Seu Antão tornou-se padrão para todo e qualquer grupo de escaladores que desejam organiza a prática de escalada esportiva em propriedades particular.

O local hoje possui mais de 100 vias, catalogadas em guia em formato eletrônico.

5 – Mantenedores da Falésia Paraíso

IMG_0928[1]Porque: O grupo de pessoas responsável pela abertura de um grande volume de vias no local em Pindamonhangaba no estado de São Paulo chegaram a uma marca de 150 vias, e estão determinados a chegarem  a um número próximo de 200.

Como não bastasse o número de vias o destaque é que é que a quantidade com graduação entre 4º a 7º é altíssima.

Toda a manutenção e abertura de vias é realizada com o dinheiro próprio de cada um do grupo.

Por esta característica é possível no local a possibilidade de iniciantes escalarem um grande volume de vias conseguindo assim uma evolução em sua escalada.

6 – Janine Cardoso

20081130_185107_g[1]Porque: A escaladora paulista conquistou a assombrosa marca de nove vezes campeã brasileira de escalada esportiva.

Uma marca que dificilmente será batida em um futuro tão próximo.

Por conquistar tantas vezes é merecedora não somente de menção em qualquer lista, como também deveria tornar-se seu nome de prêmio.

Janine Cardoso deveria sim, tornar-se o nome do troféu a ser conquistado pelas mulheres que disputam o campenato feminino de escalada.

7 – Felipe Camargo e Thais Makino

DSC_0365[1]Porque: Pela conquista de forma soberba do campenato brasileiro de boulder, mostrando assim serem eles os nomes que dominarão o cenário nacional nos próximos anos.

Os dois escaladores, cada um a seu estilo, demonstrou uma técnica e força que deixa uma grande ansiedade por marcas inéditas em campeonatos mundiais.

8 – César Grosso

cesar_grosso[1]Porque: Por ter se tornado o o hexa campeão brasileiro de escalada esportiva. Cesinha atingiu uma marca que também levará certo tempo a qualquer escalador igualar.

Mesmo voltando de lesões e contusões superou as dificuldades e levou mais um troféu para sua prateleira de troféus.

9 – Eliseu Frechou

Eliseu_links[1]Porque: Por realizar mais uma expedição à Africa em que enfrentou terroristas, golpe de estado e calor de 50ºC.

Como se não fosse impressionante a aventura, também tornou-se o maior vencedor do Festival de Filmes de Montanha do Rio de Janeiro com seu filme “Hataman”.

10 – Oswaldo Baldin

baldin_argentina_curriculo[1]Porque: Por ter ajudado a organizar o encontro de escalada em Pancas-ES, e ter concretizado a 2 º Mostra de Filmes de Montanha do Espírito Santo.

Evento este tornando tradicional em seu estado.

Oswaldo hoje é um pessoa que tem a sua história pessoal já se confundindo com a própria história da escalada do estado do Espírito Santo

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é aficionado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema” e jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There are 11 comments

  1. Oswaldo Baldin on Facebook

    Bascana!!! Obrigado Luciano e colaboradores do Blog de Escalada pelo reconhecimento. Parabéns a todos da lista por dedicarem esforços em prol do desenvolvimento – nas suas variadas formas – dessa nossa gratificante atividade. Desejo sucesso e mts realizações na escalada brasileira em 2013. Que a força esteja em nossas mentes e tendões! Grande abraço.

  2. Fred

    Muito legal a lista, concordo com praticamente tudo!

    Puxando a sardinha, acho que faltou uma “mencao honrosa” ao estado de Minas Gerais por tudo que tem saido daqui em prol da escalada aqui no Brasil :-)

    E tambem `a academia Rokaz por estar por tras de varios dos eventos de escalada no Brasil.

    1. Luciano Fernandes

      Meu Caro Fred

      Eu até mesmo gostaria de colocar todos por menção honrosa, mas colocar cerca de 5 mil pessoas em destaque seria trabalhoso, e ninguém leria até o número 300.

      Por isso optei por aqueles que fizeram aquele “algo mais”, os que fizeram aquele “plus” e por isso mereceram o reconhecimento e divulgação do trabalho.

      Eu como ranzinza de carteirinha e coração parti do principio que a vida não é fácil para ninguém e fazer um algo mais realmente é merecedor de reconhecimento. O meu “algo mais” é continuar escalando e divulgando a escalada em uma revista eletrônica com a maior quantidade de variedades do assunto. Por isso considerei critério aqueles que fizeram um esforço pela escalada.

      Portanto procurei ser justo ao máximo, equilibrando mérito com consciência social. Quanto à menção honrosa convennhamos : o estado de Minas Gerais por si só é “Or concours” em matéria de escalada. Possui os melhores lugares de escalada esportiva, quase todos em calcário, além de sempre possuir pessoas simpáticas independentes de serem escaladores ou não.

      Obrigado pela sua mensagem

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.