Designer desenvolve quebra-vento que também carrega aparelhos eletrônicos

O conceito de sustentabilidade ganhou relevância na última década tendo, infelizmente, sendo apossado por publicitários para manipular a verdade com sua já conhecida retórica que sempre ilude leigos. Por estar intimamente ligar à ecologia, além de servir de comparação para que tipo de planeta estaremos deixando para as futuras gerações, inegavelmente os esportes outdoor tinham de vestir a camisa da sustentabilidade.

Foto: Roos van de Kieft | http://paulinevandongen.nl/

Foto: Roos van de Kieft | http://paulinevandongen.nl/

Quem pratica montanhismo de maneira responsável e correta já tem incorporado em si os conceitos de utilização do sistema de três camadas. No sistema, que foi explicado em um artigo completo aqui na Revista Blog de Escalada, há um tipo de casaco conhecido como “quebra-vento”. Este tipo de camada serve para que o usuário continue aquecido e que os ventos não passem por ela.

A designer holandesa Pauline Van Donge recebeu uma encomenda da marca Blue Loop Originals de criar um produto que tivesse a funcionalidade de aquecer, proteger do vento e também carregar aparelhos eletrônicos. Apesar de parecer meio maluco o pedido o designer acabou criando um produto elegante, bonito e sustentável.

O quebra vento de Van Donge utiliza painéis solares ultra sensíveis que captam o mínimo de luz solar e converte em energia para o carregamento de aparelhos eletrônicos. Com isso basta o usuário(a) caminhar com o aparelho no bolso que ele irá carregando com a energia que a jaqueta captar.

A jaqueta, que combina um estilo minimalista, é feita ainda de polyester reciclado e recebe tratamento  de película para ser impermeável. Na jaqueta, estrategicamente colocados, estão painéis solares para a captação de energia.Se a designer holandesa quis criar um produto extremamente sustentável, parece estar no caminho certo.

http://paulinevandongen.nl/

http://paulinevandongen.nl/

Segundo o fabricante a jaqueta é capaz de carregar um smartphone, ou aparelho eletrônico similar, em aproximadamente 2 horas. Com isso uma caminhada em trekking é possível que o próprio GPS que sirva para a orientação ser abastecido enquanto há o deslocamento.

A jaqueta, que é equipada com um sistema de carregamento indutivo, permite que os usuários carreguem o smartphone sem necessidade de um cabo.

Para saber mais: http://paulinevandongen.nl

Argentina de nascimento e brasileira de coração, é apaixonada pela Patagônia e Serra da Mantiqueira.
Entusiasta de escalada, trekking e camping.
Tem como formação e profissão designer de produto e desenvolve produtos para esportes de natureza.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.