Depressão e exercício físico, o que os dois têm em comum?

Climbing[1]Sou daquelas que acredita verdadeiramente na frase latina “mens sana in corpore sano” (mente sã em corpo são), isto é, que acredito que exercício físico ajuda na depressão.

É importante lembrar que existe uma diferença entre depressão e tristeza, mas tanto em uma como em outra a realização de exercícios físicos são sempre bem vindos.

A depressão é um problema psicológico que drena grande parte da energia, impedido que a pessoa tenha força de vontade para realizar as tarefas mais simples de seu dia-a-dia.tumblr_mj5x00afWM1rwth91o1_500[1]

A mais simples das atividades como ir ao supermercado, limpar o quintal, ou fazer exercício pode tornar-se assustadora. A perda de energia é uma das principais características da depressão.

A falta de energia para realizar estas tarefas corriqueiras gera o sentimento de incapacidade.

A depressão é uma das doenças que mais impactam o Ser Humano, e um plano completo de tratamento para depressão pode incluir psicoterapia, drogas anti-depressivas e exercício físico moderado.

Na maior parte dos casos os exercícios são usados como tratamentos coadjuvantes, em combinação com os medicamentos, mas casos mais brandos os exercícios podem até promover a melhora sem o uso de remédios.

tumblr_mht3fmQimd1rj5w1so1_500[1]

Desta forma a prática do exercício físico é uma das melhores maneiras das pessoas deprimidas melhorarem o seu humor, prevenir e combater a depressão .

O que é sugerido, é que a prática do exercício comece muito devagar, dentro da possibilidade de cada um. Por exemplo, sair de casa e dar a volta no quarteirão, ou mesmo caminhar até uma rua próxima.

É certo que assim que a pessoa com depressão comece a se movimentar um pouco, irá sentir pequenas alterações de energia e vontade.

Esta diferença permitirá a possibilidade de pouco a pouco ir aumentando a distância, o tempo de caminhada e o tipo de exercício físico.

Porque o exercício físico é capaz de ajudar na depressão?

Isto é fácil de responder: o exercício físico libera no cérebro substâncias que proporcionam uma sensação de paz e de tranquilidade. São as endorfinas, neuromediadores ligados à gênese do bem-estar e do prazer.

Por ser um potente libertador de endorfina o exercício físico cria a boa dependência quando praticado regularmente e faz falta como faria qualquer outra substância associada ao prazer.

Sendo assim tome como lema a seguinte frase: Exercício é vida, exercite-se!

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.