Decathlon inaugura nova unidade e anuncia plano ambicioso para unidades no Brasil

A Decathlon inaugura sua sexta unidade na cidade de São Paulo, anunciando também novas estratégias e um plano ambicioso para a empresa no Brasil. A loja, que fica na tradicional Avenida Paulista, mesma altura que a chegada da Corrida de São Silvestre, possui 2.500 m² de área útil e um planejamento mais moderno do que seria de fato uma “loja conceito”.

Na unidade da Avenida Paulista, somente serão vendidos os produtos exclusivos da loja. Algumas raríssimas exceções de equipamentos “não exclusivos” são os itens essenciais para os praticantes das modalidades contempladas pela loja. Fundada na França em 1976, a Decathlon possui atualmente mais de 1.365 lojas espalhadas em todo o mundo. Ao todo são 39 países. A empresa chegou ao Brasil em 2001 e é considerada a maior loja de artigos esportivos do país na atualidade.

A empresa também buscou colocar como responsáveis por cada sessão profissionais e praticantes de cada uma das modalidades. A estratégia é conseguir agradar ao exigente público frequentador da região da Avenida Paulista.

Esta é a sexta unidade na cidade de São Paulo e a oitava na região metropolitana de São Paulo. No estado de São Paulo, além da região metropolitana da capital, possui ainda mais cinco unidades espalhadas pelo interior e litoral do estado.

Planejamento para Brasil

A empresa também anunciou um plano de expansão para o Brasil ousado a ser implementado até 2020. De acordo com a gerência, as atuais 25 lojas distribuídas em todo o Brasil serão expandidas para 30. Grande parte destas unidades será em cidades e regiões que não possuem nenhuma unidade da empresa.

Mas nem tudo são negócios e expansões para a empresa. Para todos os esportes, a assessoria de imprensa da Decatlhon já está planejando várias ações com influenciadores. O objetivo é criar uma relação de identificação com a empresa, que transcenda a comercial e fique próxima do sentimental. Desta maneira, a loja pretende ser a primeira opção de compra de seus clientes.

Esportes como escalada e trekking estão sendo impactados imensamente com o plano de expansão da empresa. No trekking, grande parte dos praticantes que frequentam lugares tradicionais como Pico dos Marins, Parque Nacional Itatiaia e travessia da Serra Fina, usam equipamentos com as marcas da empresa. Na escalada, desde o início do último ano quando a empresa começou a olhar com mais carinho para a modalidade, vários equipamentos das marcas suas marcas exclusivas são vistos nos lugares de escalada. Cordas e costuras de escalada são os itens mais vistos.

Este processo de domínio, aparentemente lento, é fruto da letargia que as outras empresas de equipamentos outdoor possuem no Brasil. Com raras exceções, muitas ainda optam por marketing tímido e por ignorar a comunidade em ações juvenis. A única lacuna que a Decathlon possui, com relação às outras marcas, é a participação em eventos para a comunidade de esportistas. Mas desde o ano passado esta postura mudou.

Uma das amostras da nova postura da empresa é a sua participação na Adventure Sports Fair, além de várias ações com mídias relevantes. Para o ano de 2018 a empresa preferiu não adiantar nada, para criar uma expectativa, mas adiantou que o cliente da loja não irá se decepcionar.

There is one comment

  1. luiz h c mine

    Sinceramente a Decathlon veio para ficar e acredito no seu forte papel na inclusão social, antes da decathlon, os equipamentos e vestuários de treking e escaladas eram limitados a um publico mais afortunado, tendo em vista o auto custo desses materiais, talvez pela sua carga tributaria tendo em vista que a maioria desses produtos são importados, mas não deixando de lado a alta margem de lucro explorados pelos lojistas devido a pouca concorrência. hoje o cenário mudou é possível encontrar produtos de qualidade com preços bem mais acessíveis na Decathlon, produtos que não deixam nada a desejar para os importados… e a variedade e opções para todos os bolsos, não sou garoto propaganda, ainda uso muitas coisas de outras lojas mas se os concorrentes não baixarem seus preços daqui uns dias vão baixarem as portas… é a lei da concorrência.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.