Crítica do filme “Before the Flood”

leonardo-di-caprio-documentario-2Com a disponibilização de informações de todos os tipos a necessidade de que haja uma análise destes dados de maneira consistente é enorme. Pela quantidade descomunal de todo o tipo de estatística disponível é inevitável que haja comparações entre dois tipos de unidades diferentes e chegue-se a um raciocínio equivocado de alguma coisa.

Em outras palavras é que existe muita gente, em sua grande maioria jornalistas, que compara banana com maçã para corroborar algum raciocínio falho.

Este tipo de hábito pode ser visto também em vários documentários, muitos deles disponíveis no Netflix, que mesmo bem intencionados acabam desinformando e criando antipatia com idéias, pessoas e estilos. A prática destas “pedaladas estatísticas” praticada por produções documentais como, por exemplo, o fraco “Cownspiracy“, ou o péssimo “Bike versus Cars“, enfraquecem discussões a respeito de reflexões a repeito de assuntos relevantes.

filme-leonardo-dicaprio-2

O ator americano Leonardo DiCaprio parece ter percebido este tipo de debilidade com números que assuntos ecológicos sempre levantam e produziu o documentário “Before the Flood”, que é uma reflexão madura e muito bem embasada do problema do aquecimento global. Dirigido por Fisher Stevens o filme afasta-se do tom panfletário que os documentários ecológicos adotam frequentemente e realiza uma madura análise do estilo de vida que pode dar fim ao planeta como conhecemos.

Vários aspectos da vida de DiCaprio, como sua infância e os bastidores do filme que lhe rendeu seu primeiro Oscar de melhor ator, são inseridos no filme com o explícito objetivo de causar empatia ao expectador. O recurso, aliado ao tom ponderado adotado na narração, rapidamente faz com que os problemas e preocupações sejam logo adotados por que vê o filme.

filme-leonardo-dicaprio-1

Não há em nenhum momento o desejo de culpa, ou inocentar, ninguém e neste aspecto esta a grande qualidade de “Before the Flood”. A iniciativa de entrevistar políticos, para procurar saber o que eles pensam sobre os rumos das preocupações das pessoas com relação a temas de meio-ambiente, cria uma atmosfera de reflexão e menos de denúncia.

Uma outra qualidade de “Before the Flood” é a de que apresenta como elemento depredante da natureza o modo de vida das pessoas, e não propriamente as empresas e o capitalismo. Este tipo de abordagem menos fanática, que convida à conversar sobre o assunto para encontrar uma solução e não apenas impor ideias, oferece à produção um tom mais sedutor e interessante. Como não poderia deixar de ser há várias alfinetadas em políticos fascistas como Donald Trump e George W. Bush.

filme-leonardo-dicaprio-5

Entretanto nem tudo é perfeito na produção. Por mais que o diretor e roteiristas tentassem ficarem neutros, acabaram por enaltecer as mesmas pessoas de sempre. Não foram buscados dados conflitantes com o mesmo espaço amostral. Toca-se no assunto de animais que entraram em extinção, mas não há um aprofundamento no tema. chegam a comparar a extensão de uma fábrica à altura de um edifício o que, evidentemente, é comparar banana com maçã novamente.

Com um final melancólico o filme toma o cuidado de não fazer mensagens de esperança nem histórias de iniciativas. O diretor, assim, deixa para que o próprio expectador faça as suas reflexões a respeito do que viu e de como seu modus vivendi e modus operandi têm afetado o planeta.

Nota Revista Blog de Escalada: 

filme-leonardo-dicaprio-6

filme-leonardo-dicaprio-4

leonardo-di-caprio-1

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There is one comment

  1. Waine

    Olhando a ideia de banana e maçã apresentada no texto fiquei em duvida. Esse raciocínio não pode ser desprezado de todo. Analise financeira compara inteligentemente fatores diferentes. Maçã te dá fome e banana endurece o cocozinho de bebê. Quero dizer que o enfoque é um problema que realmente pode fazer diferença. Não menospreze esse raciocínio ou poderá renegar o mesmo. Saiba da importância da comparação de coisas diferentes.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.