Italiano vence quinta etapa da Copa do Mundo de Escalada no Japão

A quinta etapa da Copa do Mundo de Escalada, realizada em Hachioji (Japão), teve um resultado considerado inédito com a vitória do italiano Gabriele Moroni na modalidade boulder masculino. Foram 14 anos de espera. O italiano obteve sua primeira medalha desde que começou a participar dos eventos do IFSC em 2004.

No feminino a japonesa Akiyo Noguchi confirmou a superioridade demonstrada no decorrer de todo o ano, vencendo mais uma etapa. Foi a terceira vitória consecutiva da atleta japonesa. Somente uma tragédia tirará o título de Noguchi neste ano. Tanto Noguchi, quanto sua compatriota Miho Monaka, possuem quase o dobro de pontuação no ranking que a francesa Fanny Gibert. Na competição, Noguchi assombrou a todos a escalar, na semifinal e final, nada menos que 9 linhas de boulder à vista. A japonesa somente caiu em um boulder.

Além disso, o Japão comprovou mais uma vez ser a maior potência da atualidade em campeonatos de escalada. Nas semifinais, masculina e feminina, havia nada menos que 11 atletas japoneses. Destes, seis chegaram às finais. Dois dos atletas japoneses que estarão presentes nos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, Keita Dohi e Mao Nakamura, classificaram-se entre os 40 melhores.

O pódio feminino ficou com as japonesas Akiyo Noguchi e Futaba Ito nos lugares mais altos do pódio, com a sérvia Stasa Gejo em terceiro.

No masculino o italiano Gabriele Moroni teve no pódio a companhia do japonês Tomoa Narasaki em segundo e do russo Aleksei Rubstov em terceiro.

Assim como a etapa passada, realizada na cidade chinesa de Tai’an, não houveram atletas sul-americanos participando. Grande parte dos atletas sul-americanos está prometendo presença no próximo evento do IFSC, que será realizado nos EUA na cidade de Vail.

Para o evento de Vail, grande parte dos atletas europeus e americanos, considerados parte da elite do esporte em seus países, já confirmaram presença. Especula-se que a etapa terá o maior nível técnico de todas as etapas da temporada.

A brasileira com melhor resultado internacional do ano, a paranaense Camila Macedo, não irá participar do evento. Valentina Aguado, considerada a melhor escaladora da América do Sul no momento, confirmou que estará presente.

Mulher route setter

Foto: https://moonclimbing.com/

A etapa do Japão também teve uma novidade: a primeira etapa da história com uma route setter mulher atuando em um evento do IFSC. A eslovena Katja Vidmar entrou para a história do esporte como a primeira mulher route setter em uma Copa do Mundo de Escalada.

Katja Vidmar já tinha atuado na função no campeonato mundial juvenil ano passado em Innsbruck. Apesar de haver várias mulheres trabalhando nos eventos do IFSC, nunca uma mulher tinha figurado no time de route setters.

Diferentemente de grande parte de eventos realizados na América do Sul, os quais somente uma pessoa é responsável por elaborar as linhas de boulder e vias, o IFSC possui uma equipe de três pessoas. O time de route setters para a etapa do Japão, além de Vidmar, tinham como Manu Hassler como líder da equipe e Percy Bishton como terceiro.

Raking após cinco etapas

Foto: IFSC/Eddie Fowke

O ranking do IFSC após cinco etapas confirma o amplo domínio de Japão e Eslovênia, tanto no masculino quanto no feminino. Observando a distribuição de atletas por nacionalidade, a previsão de chances para sul-americanos fica por conta do torneio continental, o qual classificará apenas um homem e uma mulher para competir nas olimpíadas de Tóquio 2020.

Considerando os resultados obtidos até o momento, é cristalino que pelo menos três países se destacam como grandes produtores de talentos. Não somente pelo número de atletas entre os oito melhores, mas também pelo número absoluto de atletas com resultados consistentes. Os países são Japão, Eslovênia e Rússia.

  • Ranking feminino

Foto: IFSC/Eddie Fowke

Colocação Nome País
¹º Akiyo Noguchi Japão
Miho Nonaka Japão
Fanny Gibert França
Stasa Gejo Sérvia
Katja Kadic Eslovênia
Janja Garnbret Eslovênia
Ekaterina Kipriianova Rússia
Jessica Pilz Áustria
  • Ranking masculino

Foto: IFSC/Eddie Fowke

Colocação Nome País
¹º Jernej Kruder Eslovênia
Tomoa Narasaki Japão
Aleksei Rubtsov Rússia
Rei Sujimoto Japão
Kokoro Fuji Japão
Jongwon Chon Coreia
Gabriele Moroni Itália
Alex Khazanov Israel

Para o resultado completo acesse: http://www.ifsc-climbing.org

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.