Conheça os 10 refúgios de montanha mais famosos da Europa

Você sabe, de fato, o que é um refúgio de montanha? É uma espécie de chalé construído por quem administra e monitora uma região montanhosa e é destinado ao pernoite de montanhistas que realizam travessias e escaladas. Tecnicamente são considerados abrigos de emergência a praticantes de atividades de montanha e, portanto, o objetivo é prover proteção durante pouco espaço de tempo. Não é destinado à moradia duradoura.

As administradoras dos refúgios de montanha têm entregado o trabalho de design nas mãos de talentosos arquitetos. Estes profissionais aproveitaram a oportunidade de dar uma nova cara para a paisagem de montanha e tornarem-se uma atração à parte da atividade de montanha. Abaixo estão os mais modernos, em termos de design e arquitetura, do continente Europeu.

Nuovo bivouac Gervasutti – Itália

O  refúgio de montanha conhecido como bivouac Gervasutti fica a 2.835 m na Itália e pertence ao  CAI Turim. O primeiro foi construído em 1948 e teve reconstruções em 1961 e 2011.

Cabane de Bertol – Suíça

O Cabana de Bertol é um refúgio de montanha pertencente ao Clube Alpino Suíço situado no cantão do Valais na Suíça a 3.311 m de altitude.

Bivouac Luca Vuerich – Itália

O Bivouac Luca Vuerich foi construído em 2012 nos Alpes Julianos (subcordilheira dos Alpes que se estende do nordeste da Itália até à Eslovênia), e é dedicado à memória do alpinista Luca Vuerich, que morreu em uma avalanche em 2010.

Winter Cabin Kanin – Eslovênia

O refúgio de montanha Kanin possui design futurista e está no cume do Monte Kanin (2.587 m), na Eslovênia. O projeto é ecologicamente correto e foi construído em 2017.

Shelter Alpine – Eslovênia

O Shelter Alpine possui estrutura com design inovador e acomoda até 8 montanhistas. O refúgio possui 12 metros quadrados  e está localizado nas encostas do Monte Skuta (2.532 m)  nos Alpes Kamnik-Savinja (cordilheira dos Alpes que se encontram nas regiões da Caríntia da Áustria e uma parte na Eslovênia).

Le Refuge du Gouter – França

O refúgio Gouter está a 3.835 m de altitude foi reconstruído em 2015 e é projetado par aguentar rajadas de ventos de até 200 km/h. Esta estrutura futurista possui capacidade para até 200 pessoas.

Solvay Hut – Suíça

O refúgio Solvay está localizado no Matterhorn (4.478 m), talvez a montanha mais conhecida dos Alpes depois do Mont Blanc,  e é um dos mais icônicos dos Alpes Suíços.

Grands Mulets Cabin – França

O abrigo Grands Mulets Cabin é muito popular entre os alpinistas franceses que fazem peregrinação ao local na primavera. O motivo é bem simples: é a parada perfeita para quem sobe o Mont Blanc de ski.

Refúgio Ledormeur – França

O refúgio Ledormeur foi construído por George Ledormeur em 1926 e possui aquecimento por painéis solares! No verão, é facilmente acessível após uma pequena caminhada de 2h30. O refúgio fica nos Altos Pirineus.

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

There is one comment

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.