Conheça 6 montanhas que ainda permanecem virgens

No mundo de hoje são raros os lugares que já não houve uma pessoa que já estivesse lá.

Mesmo no montanhismo é quase impossível de existir uma montanha que ainda permaneça virgem (ao menos com registros oficiais) para montanhistas.

Mas se alguém esteja à procura de realizar ascensões com significado mais profundo que o frequentemente contestado Seven Summits (escaladas nas 6 montanhas mais altas de cada continente mais o Denali no Alasca), há no mundo várias montanhas de com altitude considerável para qualquer montanhista.

Abaixo estão um exemplo de seis montanhas que ainda permanecem virgens, aguardando homens e mulheres para serem escaladas pela primeira vez.

Gangkhar Puensum

Foto: http://www.happytrips.com

Foto: http://www.happytrips.com

O Gangkhar Puensum é o nome da montanha mais alta do Butão (país localizado no sul da Ásia) e possui 7.570 m de altitude, e no idioma local significa “O Pico Branco dos Três Irmãos Espirituais”

Localizado na fronteira entre Butão-China, no Himalaia, quatro expedições já tentaram a escalada mas não tiveram exito nos anos de 1985 e 1986.

O Butão não permite escalar montanhas acima de 6.000 metros de altitude devido a tradições espirituais que existem no país.

Como consolo para montanhistas pode-se subir alguns das montanhas subsidiárias desde o Tibet.

Muchu Chhish 

montanhas-virgens-2

O Muchu Chhish é uma montanha do Paquistão om 7.543 metros de altitude localizada no oeste da Karakorum ( cordilheira localizada na fronteira entre Paquistão, República Popular da China e Índia), e faz parte de uma sub-cordilheira de mais de 30 quilômetros com montanhas acima dos seis mil metros.

Possui difícil acesso a sua base, com uma travessia bem severa por cima dos 7.000 m que dificultam extremamente uma exploração.

Pico Zemu Gap

montanhas-virgens-3

O Pico Zemu Gap é uma montanha considerada totalmente desconhecida, e é considerada a mais alta do mundo que não há histórias, ou registros, de que qualquer ser humano chegou ao seu lá.

Localizada em Sikkim, na Índia, possui imponentes 7.780 m de altitude.

Está localizada na área do Kangchenjunga, que é a terceira montanha mais alta do planeta, e seu cume apresenta dificuldades tão grandes que até mesmo os locais tem dificuldade de chegar à sua base.

Face Norte do Kabru

montanhas-virgens-4

O maciço de Kabru está localizado no Himalaia indiano, na fronteira com o Nepal, ao sul do Kangchenjunga, e possui 7.394 metros de altitude.

A última vez que seu cume foi alcançado foi a 80 anos atrás, mas pela face sul.

A face norte ainda permanece ainda virgem.

Labuche Kang III

montanhas-virgens-5

Localizado no maciço de Labuche, no Tibet, possui 7.250 metros de altitude, e apenas seus cumes secundarios foram escalados.

É considerada uma das escaladas mais difíceis do mundo, e vitimou muitos escaladores que tentaram chegar lá.

Tongshanjiabu

Foto: http://static.panoramio.com/

Foto: http://static.panoramio.com/

Uma das montanhas com pouquíssimas informações a respeito de seu histórico de escaladas, o Tongshanjiabu está localizado na fronteira entre o Tibet e o Butão e possui 7.207 metros de altitude, e  permanece virgem esperando alguma expedição que enfrente o desafio.

Alguns mapas japoneses da região referem a este pico como Teri Kang.

Existem notícias de que apenas uma equipe coreana tentou, em 2003, a ascensão do pico, mas não obteve sucesso.

Por ficar em uma fronteira em disputa, é proibido a escalada no local sem ordem oficial dos dois lados.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.