Como escolher uma mochila de ataque

O símbolo de todo mochileiro é, inegavelmente, a sua mochila. Porém nem todas as mochilas são iguais. À primeira vista elas se diferenciam somente pelo tamanho e marca o que, evidentemente, não é um bom parâmetro de comparação. Por isso muitas pessoas confundem o tipo de nomenclatura no momento de comprar este tipo de equipamento.

Da mesma maneira que necessitamos de um calçado e vamos à uma loja comprar, teremos muita facilidade se apenas falarmos “quero um calçado” ao vendedor sem entrar em mais detalhes. Quando começarmos a dar detalhes do calçado como “sapato”, “sapatenis”, “sandália”, “bota”, etc, facilitaremos para o vendedor que tipo necessitamos.

O mesmo acontece com as mochilas. Simplesmente falar “mochila” não ajuda muito no momento do vendedor mostrar os modelos que ele possui.

desafio-serra-fina-2

Por isso foi necessário criar uma separação entre as mochilas entre cargueiras (utilizadas para viajar), de ataque (utilizadas para hikking) e, mais recentemente, de hidratação (utilizadas em trail running).

Comprar uma mochila de ataque é diferente do que uma mochila cargueira (a ideal para o público mochileiro). Para saber como escolher uma mochila cargueira acesse o guia COMPLETO aqui na Revista Blog de Escalada.

O que é uma mochila da ataque

Para que a nomenclatura facilitasse a rápida identificação do modelo de mochila que se deseja o termo “mochila de ataque” foi criado. O motivo é relativamente simples : para uma caminhada rápida, que não seja necessariamente obrigatório o pernoite durante a tentativa de chegar a um cume, uma mochila não tão grande quanto uma mochila cargueira é necessária.

Como o ato de sair para chegar ao cume e voltar ao ponto inicial tecnicamente é chamado de “ataque ao cume” batizou-se este tipo de “mochila de ataque”.

mochila-de-ataque

Convencionalmente uma mochila de ataque é aquela que será utilizada para carregar lanches, alguns casacos, comida, máquina fotográfica e nada mais que isso. Por definição a mochila de ataque é uma mochila “pequena” que pode ser usada no dia-a-dia e em trilhas nas quais não é necessário carregar grande volume de equipamentos.

O tamanho de uma mochila de ataque não possui uma lei de mercado que determine o tipo mas estabeleceu-se que uma mochila de ataque possui tamanho entre 25 a 45 litros. Este intervalo de variação pode mudar dependendo da fonte consultada. Maioria dos guias de montanha experientes (os quais possuem credibilidade com o público) adotam este intervalo como sendo o determinante para definir o que seria uma mochila de ataque.

Existe uma regra prática que afirma que uma mochila de ataque é aquela que, em uma viagem de avião, irão os itens que não podem ser despachados. Porém algumas pessoas abusam um pouco desta lógica levando mochilas cargueiras de 55 litros. Portanto esta lógica não serve muito para determinar o limite do que seria uma mochila de ataque.

Conforto x Preço

A primeira regra do mochileiro é o conforto de uma mochila. Se você tem uma mochila de ataque, ou até mesmo provou uma na loja, e ela o machucou : jogue ela fora !!

Uma boa mochila NUNCA, sob qualquer hipótese, deve machucar as suas costas. Esteja sempre ciente de que aquilo que é incômodo hoje, pode virar alguma lesão mais séria posteriormente.

Ao escolher a sua mochila, independente da marca, verifique a relação de custo/benefício. Todo produto de qualidade tem um preço maior que equipamentos genéricos. Ao escolher uma mochila de ataque nunca opta por uma mochila que você pense que “apenas serve”. Procure por uma mochila que você a tenha por anos ou décadas.

Assim como acontece em um relacionamento amoroso, escolher uma mochila porque está sem opção é uma escolha ruim que o tempo irá lhe mostrar no pior momento, da pior maneira e no pior lugar.

mochila-de-cargueira

Para priorizar o conforto de uma mochila verifique três itens da sua mochila de ataque : costas, alças e barrigueira .

  • Costas da mochila – A parte das costas de uma mochila de ataque necessariamente tem de ter um  acolchoamento adequado na região lombar. Mochila ruim possui a parte das costas lisas (ou com acolchoamento sem espaço para a circulação do ar). Produtos de melhor qualidade são preparados para a absorção do suor e resistência à abrasão.
  • Alças  – As alças de uma mochila de ataque necessariamente devem se acolchoadas. Geralmente este acolchoamento é com o mesmo material que recobre o costado da mochila. Um bom produto possui vários ajustes de tamanho para proporcionar maior conforto ao usuário.
  • Barrigueira – Toda boa mochila de ataque DEVE ter uma barrigueira e esta deve ser ajustável com um acolchoamento de qualidade. A barrigueira serve para que o peso da mochila seja distribuído ao usuário.

Compartimentos

Foto : http://www.visitvictoria.com/

Foto : http://www.visitvictoria.com/

Uma boa mochila de ataque, geralmente, possui bolsos laterais para que sejam armazenados itens básicos e que possam ser acessados com rapidez. Nestes bolsos de “rápido acesso” alguns itens fundamentais podem ser alcançados com facilidade como, por exemplo, comidas, remédios, mapas, máquina fotográfica, aparelho de GPS, etc.

Portanto preste atenção aos detalhes de que estes bolsos laterais não devem ser grandes em demasia para que não permita que o que seja armazenado nele tire o seu equilíbrio quando andar. Bolsos laterais muito grandes demonstra um erro grave de design e denota uma mochila de qualidade ruim pois este detalhe afetará o conforto e sua locomoção.

Qualidade do zíper

mochila-de-ataque-3Uma boa dica a quem pensa em comprar qualquer mochila cargueira é que tenha zíperes (ou fecho eclair em Portugal) é verificar se são da marca “YKK“. Esta dica serve para identificar se a mochila é de qualidade, ou se foi fabricada no método conhecido popularmente como “xing-ling”.

O melhor ziper do mercado em qualquer produto é YKK, por isso verifique a existência da marca na mochila que está sendo avaliada.

Um produto de qualidade superior permite acesso rápido ao conteúdo interno. Acesso este por meio de zíperes em seu corpo externo, seja por outro tipo de acesso.

Como escolher uma mochila de ataque

mochila-de-ataque-2

Escolher um produto que agrade depende muito da preferência de cada pessoa. Por isso não há uma receita que irá agradar a todas as pessoas. Porém há algumas regras práticas que devem ser seguidas e que guiará qualquer comprador no momento da compra

  • 1 – Procure uma mochila de ataque baseada na qualidade, não no seu preço.
  • 2 – Faça uma lista das coisas que pretende utilizar na sua mochila de ataque. Se a quantidade não for volumosa procure litragens menores.
  • 3 – Verifique a versatilidade da sua mochila. Se a sua mochila serve para realizar tanto atividades corriqueiras como um hikking, este é o produto indicado.

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There is one comment

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.