China anuncia amento de 30% nas taxas para escalar Everest, Cho Oyu e Shisha Pangma

Subir a montanha mais alta do mundo a partir de Tibet, custará quase o mesmo que fazer desde o Nepal. Todos os cumes com mais de 8.000 metros acima do nível do mar do lado tibetano do Himalaia tiveram uma espécie de equiparação de preços. O setor de expedições, inevitavelmente, sofrerá de uma inflação pela reestruturação do mercado que o mercado vivencia.

Recentemente o Nepal é quem tem tomado iniciativas para a regulamentação mais rígida do montanhismo turístico o qual transformou-se o Everest. Atualmente a montanha mais alta do mundo é vista como trampolim para apresentadores de TV, publicitários e marqueteiros, sem nenhum histórico de montanhismo, lançarem palestras ao já em decadência montanhismo de palco.

Entretanto algumas das vias mais populares do Himalaia estão do lado da vertente tibetana: rotas normais da face norte do Everest (8.848 m), Cho Oyu (8.201 m) e Shisha Pangma (8.013 m). Assim como o Nepal a China, que controla politicamente o Tibet, está começando a regulamentar o montanhismo visando, é claro, um mercado que cresce a cada ano. Desta maneira as próximas medidas tomadas pelo governo chinês é o aumento dos preços das licenças (conhecido como permiss) ara a ascensão dos picos com 8.000 metros acima do nível do mar pelo lado Tibetano. Os aumentos, segundo aponta o blog do jornalista Stefan Nestler o aumento é em torno de 30%.

Novos Preços

O novo preço do permiss para a ascensão do Everest, pela face norte ficaria por US$ 9.950 (por alpinista) para times de até quatro membros. Para expedições menores, os custos aumentariam para US$ 19.500 por pessoa. O custo de montanhista até 2016 era de US$ 7.000

Já para o Cho Oyu (sexta mais alta do mundo), montanha mais técnica e difícil que o Everest, será de US$ 7.400 por pessoa e o Shisha Pangma (décima quarta montanha mais elevada do mundo) US$ 7.150. A título de comparação o Everest, pelo lado nepalês, custa US$ 11.000. Estes preços se referem somente à licença, sendo necessário adicionar ao custo da expedição gastos com transporte, despachante, etc. O preço chinês já inclui estes serviços.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.