Camping Training Peru: Veja como foi o workshop sobre treinamento de escalada de 2018

O Training Camping Peru aconteceu entre os dias 8 e 11 de março na cidade de Lima, capital do Peru, com a participação de países como Brasil, Argentina, Chile, Equador, Peru, Colômbia, México e EUA. O evento foi anunciado em primeira mão pela Revista Blog de Escalada.

Jimmy Morales foi o organizador do evento que teve como facilitadores os treinadores Udo Neumann da seleção Alemã, Malek Taleb da seleção Canadense e Kaleb Thomas route setter IFSC.

O workshop foi voltado a técnicas modernas de treinamento na modalidade boulder que aconteceu na Universidade de Lima. A título de informação, um workshop é uma reunião de pessoas com objetivos semelhantes, na qual há troca de experiências e realidades entre as pessoas. Na maioria das vezes referente a um assunto específico.

Foto: Anderson Gouveia

Métodos

Udo Neumann e Malek Taleb apresentaram vários exercícios e métodos de avaliações de performance para atletas. O evento foi aberto a treinadores e a atletas, com participações distintas.

A Abee enviou Anderson Gouveia hoje responsável pelo time brasileiro de escalada. No início de março Anderson vai assumir a seleção, quando assina contrato com a ABEE e COB como team manager (gerente de equipe).

Foi uma grande troca de experiencia entre todos os países e, com certeza, o conteúdo será posto em prática já no brasileiro de boulder em abril com nossos atletas. Algumas novidades, como vários aplicativo,s podem nos ajudar a desenvolver conteúdo para análises de performance dos atletas.

Não houve em momento algum a revelação de um super segredo de treinamento. O sucesso vem do esforço, dedicação e orientação correta para que possamos evoluir.

Foto: Anderson Gouveia

Com um trabalho sério e ajuda científica, podemos esperar melhores resultados a longo e médio prazo. Atletas mais experientes, como a americana Sierra Blair-Coile, também participou do workshop. Sierra já tem diversas participações em Copas do Mundo de escalada e está em um nível bem profissional. A escaladora esteve conosco em Lima porque, assim como para nós, falta muito pouco para se obter melhores resultados e, com certeza, estes pequenos detalhes foram repassados aqui.

A maioria dos atletas independentes tem em mente treinar boulder, fazer exercícios de força e explosão. Mas com a mudança radical no cenário de competição de boulder, os atletas precisam rever suas habilidades e deficiências. Às vezes um simples movimento de quadril pode mudar a final de um Mundial.

A escalada de competição estaá alcançando o profissionalismo mundial, a ABEE, entidade filiada a IFSC e COB, está investindo pesado na melhora de eventos. Principalmente no desenvolvimento dos atletas contando com um grande time de profissionais gabaritados.

Falando em formato olímpico, foi perguntado a Udo Neumann sobre o que ele pensava. A resposta foi clara: Como treinador é um grande desafio.

Planificar treinos tão extremos, como grande exemplo Sean Macoll escalador canadense que já venceu no overall, antes levava 3 meses entre se adaptar do treino de boulder para os de vias. Hoje ele já o faz em 3 semanas.

Próximo passo

Foto: Anderson Gouveia

Entre muitas conversas e histórias pode-se ver que todos somos iguais como pessoas: há desmotivação, choro, brigas e tudo isso faz parte na vida técnico e atleta. Com tudo isso acreditamos dar uma passo à frente rumo ao futuro. É um caminho novo.

estas últimas semana estive em contato com diversos treinadores do mundo todo. Parecea mim que estamos todos muito alinhados nas ideias e nas incertezas desse novo momento da escalada de competição mundial.

Foto: Anderson Gouveia

Os anos em que estive à frente da seleção brasileira juvenil, na campanha da França e da Escócia, trouxeram um grande conhecimento que já pode ser visto com nossos atletas no último pan-americano realizado no Canadá.

Muita coisa boa vem por ai e contamos com a ajuda de toda a comunidade escaladora para fazer a escalada de competição crescer.

Escalador desde 21 anos, desses 18 dedicados a competição, foi criador e técnico da seleção brasileira juvenil em duas oportunidades na campanha da França e Escócia.É Coordenador de escalada na academia Via Aventura, único brasileiro Route setter continental IFSC e Atleta La Sportiva Brasil.

There is one comment

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.