E você? Por qual motivo faria o Caminho de Santiago?

De volta em casa, fazendo uma retrospectiva de meu Caminho de Santiago. Uma das perguntas que mais fiz e mais me fizeram durante o caminho foi: “E você, porque está fazendo o Caminho?”

Fazia tempo que isso estava na minha cabeça fiz muitos planos, e até pensei em adia-lo por terceira vez… Nunca fui religiosa, mas hoje estou dando mais importância a minha espiritualidade, controle emocional e autoconhecimento. Sem dúvidas isso deu um importante significado e motivação para o meu caminho.

caminho-de-santiago

Foto: Elisabet de Marco

Mas originalmente a motivação era puramente esportiva e tinha pensado em fazê-lo em bicicleta. Tive dúvidas de qual caminho fazer, se o tradicional Francês ou português. Mas acabei escolhendo fazer o Caminho do Norte, pela combinação de praia, serras e pouca gente. Tive dúvidas de começar em Irun, Bilbao ou Santander?

Depois disso tinha que fazer a planificação das paradas de cada dia, faze-las e refazê-las no dia seguinte. Essa “re-planificação” se converteu em rotina. Porque a chuva, dores, ou a escolha de continuar em companhia iam escolhendo cada dia onde parar.

Então como minha linda amiga Sevda falou, depois de compartilhar meus planos para os seguintes dias: “A vida acontece enquanto nós estamos fazendo planos” e “O caminho te dá o que você precisa, não o que você quer”. Então com o tempo, minha única certeza era que um dia ia ter que chegar, para pegar o avião de volta, e por enquanto só tinha que contemplar o que o caminho me ia trazendo.

caminho-de-santiago

Foto: Elisabet de Marco

Aprendizado

Meu maior aprendizado foi o quanto as pessoas são importantes para mim, o que mais desfrutei foi da companhia, de ajudar, compartilhar e receber o mesmo de todos lados. Passei perrengues, sim… Só senti dor nas despedidas, foi muito difícil falar “tchau para sempre” para as pessoas que gostaria de continuar junto, mas a vida é assim, não é?

Essa dor no espírito, de repente me sentir sozinha, me fez perceber a dor no corpo que possivelmente já tinha a dias. Mas era bem mais intensa quando me encontrava andando sozinha.

caminho-de-santiago

Foto: Elisabet de Marco

Recebi ajuda de muitos, risadas, músicas e histórias maravilhosas, agradeço infinitamente a Angel (Sim o nome era Angel, que em espanhol significa “anjo”, mas ao invés de asas, tinha um celular e o número de um táxi), que me ajudou a ir a uma cidade um dia que não conseguia mais andar. O taxista me falou: “A gente se vê daqui a 7 dias na casa verde” e onde foi que o encontrei de novo? Sim, foi lá… Na casa verde.

Minha queridíssima irmã que me apoio sempre, até quando dei uma amarelada. Eu, sentada num bar depois de mancar durante dois infinitos quilômetros:

– Tá doendo muito Nati!”

Nati, recém acordada pela minha mensagem às 6:30 da manhã de um sábado respondeu:

– Claro que dói, o Caminho dói! Você não vai deixar por isso.”

caminho-de-santiago

Foto: Elisabet de Marco

As infinitas risadas e danças da Sevda, as conversas profundas com a Rosa e as lindas histórias e companhia do Brian.

Foram 430 maravilhosos quilômetros caminhados, cheios de histórias, paisagens, chuvas, até umas lágrimas bem sinceras e muitas risadas. Poderiam ter sido mais ou poderiam ter sido menos. Mas estou tranquila porque sei que fiz o meu melhor, e me sinto orgulhosa por tê-lo feito assim.

A gente sempre está no caminho, a gente sempre esta andando.

E aí, você por que vai fazer o Caminho?

Por que não?

caminho-de-santiago

Foto: Elisabet de Marco

Elisabet de Marco é Design Researcher, apaixonada por viajar e fazer trilhas a pé e de Mountain Bike, já fez mochilão pela Patagônia Argentina, Peru, Bolívia, Brasil e Uruguai.

There is one comment

  1. Loureiro

    Autoconhecimento, viver momentos ímpares, passear por localidades lindas. Fiz uma vez, do Porto a Compostela, e me apaixonei. Sempre que tenho oportunidade faço alguma trilha de montanha ou de bicicleta. Geralmente no Rio de Janeiro mesmo, haja vista o custo para viajar. Devo ir a Aparecida do Norte, só ainda não sei de será à pé ou de bicicleta. Parabéns pelo blog, e BOM CAMINHO a todos!

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.