Campo Base chinês do Everest somente aceitará carros elétricos em 2019

As autoridades do governo do Tiebet, que é ocupado pela China desde 1950, anunciou medidas ambientais para o Campo Base do Monte Everest (5.200 m). O Everest (‎8.848 m) fica na divisa de Nepal e Tibet. O lado tibetano é conhecido por possuir luxos maiores e uma infraestrutura moderna. Por este motivo que muitos turistas vêm adotando o lado tibetano, também conhecido como norte, para realizar as subidas ao Monte Everest. Nos últimos anos houve um crescimento acentuado de pessoas que subiram ao Monte Everest por este lado.

De acordo com informações oficiais, faz mais de uma década que as autoridades chinesas andam implementando planos de desenvolvimento no lado tibetano. O plano original, de 2007, realizado concomitantemente com os dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, incluía uma construção de uma estrada até o campo base, hotel de luxo, museu de montanha, restaurantes e oficinas. O plano ambicioso, felizmente, não saiu do papel. Ao menos não inteiramente, pois a estrada foi construída.

A princípio a estrada era de terra, mas veio sendo asfaltada aos poucos pelo governo chinês. Desta maneira, segundo o governo chinês divulgou, aproximadamente 100.000 pessoas visitaram o Campo Base do Monte Everest em 2017. Com o volume de pessoas considerável, os administradores da região visualizaram também um risco ambiental considerável. Dentre as preocupações das autoridades, não somente lixo será a preocupação. Somente no ano passado foram retirados mais de duas toneladas de fezes humanas, uma tonelada de lixo de montanhistas e assustadores 5,24 toneladas de resíduos domésticos.

Portanto para 2019 foi anunciado uma medida: ninguém poderá fazer uso da estrada que leva ao Campo Base do Monte Everest com veículos que não sejam elétricos. Vários veículos de comunicação já encomendaram fotos dos veículos elétricos, semelhantes aos usados pelos jogadores de golfe, com todos os equipamentos de montanhistas e turistas. A notícia foi dada pelo Global Times, um jornal chinês de propriedade do governo do país. O governo também anunciou pontos de abastecimento dos veículos ao longo do trecho.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.