Cachorro segue montanhistas até o camp 2 do Manaslu (8.156 m)

A escalada em alta montanha, especialmente acima dos 7.000 metros de altura exige muito do físico e psicológico dos montanhistas. O ar rarefeito provoca vários distúrbios físicos nos escaladores, conhecidos como “mal de altura”.

Para uma dupla que estava no Himalaya, tudo isso já era conhecido, mas quando Moeses Fiamoncini junto a um companheiro se motivaram a escalar o Manaslu (8.156 m), não imaginavam que um cachorro iria segui-los até o camp 2 da montanha.

Para se ter uma ideia, o campo base para a montanha fica a 4.800 metros acima do nível do mar. Já para o camp 1 5.700 metros acima do nível do mar. Para o camp 2, 6.400 metros acima do nível do mar.

Durante trekkings no Nepal, alguns cães acabam seguindo os escaladores para procurar restos de comidas que por ventura apareçam. Mas o cão que seguiu a dupla persistiu até os 6.400 metros. Para que ficasse “provado” a façanha do cachorro, a dupla de montanhistas filmou o cachorro, que não tinha nenhum tipo de equipamento especial (acompanhe o vídeo no topo do artigo).

Argentina de nascimento e brasileira de coração, é apaixonada pela Patagônia e Serra da Mantiqueira.
Entusiasta de escalada, trekking e camping.
Tem como formação e profissão designer de produto e desenvolve produtos para esportes de natureza.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.