Buscas por desaparecido no complexo do Morro da Urca e do Pão de Açúcar são suspensas

As buscas por Luiz Octavio Guinle, de 48 anos de idade, que foi dado como desaparecido na trilha do Pão de Açúcar desde quinta-feira passada, foram suspensas no final do dia de ontem. Participaram das buscas o corpo de bombeiro e montanhistas voluntários. Guinle fazia uma trilha na pista Cláudio Coutinho, no bairro da Urca, que fica na Zona Sul do Rio.

As buscas por Luiz Octavio, entretanto, senguem sendo realizadas em outras regiões da cidade. No início de domingo, houve uma informação de que Guinle estava caminhando pelo centro da cidade do Rio de Janeiro. A informação, entretanto, não foi confirmada e o webdesigner segue desaparecido.

Durante as buscas no complexo do Morro da Urca e do Pão de Açúcar, foram feitas procuras em todos os locais possíveis levantados pelas equipes de resgate. Infelizmente, enquanto todos trabalhavam nas buscas de Guinle, algumas fatos noticiosos que não refletiam a realidade dos acontecimentos inverídicas eram publicados em listas de whatsapp de montanhistas e escaladores.

A suspensão das buscas, ao menos no complexo, foi feita após consenso entre todas os envolvidos nas buscas. Grande parte dos montanhistas, que participaram e que não participaram das buscas, compartilham fotos de Luiz Octavio Guinle nas redes sociais, na esperança de que isso ajude a encontrá-lo.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.