Bastões de caminhada: Conheça 10 motivos para começar a usá-los em trekking

Os bastões de caminhada é o equipamento de trekking ou hiking mais desprezado de todo o universo outdoor. É muito comum escutar de um praticante de montanhismo experiente afirmações do tipo “nunca usei bastões de caminhada”. Mesmo que você sugira a esta pessoa, não importa o nível de experiência, ela irá responder um “por que eu deveria começar a usar agora, se nunca precisei?”.

Primeiramente, é necessário afirmar que os bastões de caminhada é um dos maiores companheiros do praticante de trekking. Especialmente aquele que possui algum tipo de problema no joelho ou problema de equilíbrio. Mesmo para quem não tem problemas no joelho, os bastões de caminhada irão ajudar a ter um futuro longe de qualquer problema no joelho além de proporcionar outras vantagens em suas atividades na montanha.

Motivo 1: Reduzem a carga nos joelhos

O joelho é uma articulação que suporta o peso do corpo. Por este motivo é chamado pelos médicos de “articulação de carga”. Se existir áreas de desgaste da cartilagem do joelho, mesmo que a pessoa não saiba, é natural que caminhadas tendam a aumentar o desgaste com o passar do tempo. Portanto, fazer exercícios que movimentem os joelhos, mas sem o peso do corpo integralmente aplicado na articulação, é a solução. Para isso, o uso dos bastões de caminhada é o equipamento imprescindível.

Quando caminhamos sem os bastões de caminhada, a carga fica concentrada nos membros inferiores, gerando um maior impacto no joelho. Lembrando que uma boa mochila distribui o peso não para as costas, mas para a cintura, que por sua vez distribui para os membros inferiores e, consequentemente impactando os joelhos.

Com os bastões de caminhada ajudamos a reduzir um pouco esta carga nos membros inferiores, utilizando a força dos braços para reduzir em até 40% o impacto nos joelhos.


Motivo 2: Permitem ter mais pontos de apoio

Os bastões de caminhada permitem ter mais dois pontos de apoio, além dos dois pés. Estes pontos de apoio adicionais ajudam nas subidas, otimizando a força dos membros inferiores.

Durante a descida, ajuda a não perder o equilíbrio (que a mochila pesada acaba gerando) e mantêm o praticante de trekking mais equilibrado, evitando quedas e tombos. Além disso, diminui a incidência de torções de tornozelo.


Motivo 3: Maior tração

Os pontos de contato dos bastões de caminhada com o solo oferecem maior tração em terrenos escorregadios como, por exemplo, lama, cascalho, neve e grama.

Esta tração é feita pelos membros superiores, que utilizam os bastões de caminhada como ferramenta, para jogar o corpo para a frente. O desempenho em uma subia é aumentado sensivelmente. Além disso, é uma excelente ferramenta para quem tem problemas com terrenos escorregadios em descidas.


Motivo 4: Melhora o ritmo

Assim como acontece em corridas de rua, o ritmo (também referido como pacing) tem um acerta relevância no trekking. Em corrida de rua, é estabelecido que o pace é o tempo que você levaria para percorrer 1 km no ritmo que estiver estabelecendo. No trekking a filosofia é a mesma, mas sem a velocidade que é característica de corridas de rua.

Caminhar com bastões de caminhada ajudará a estabelecer e manter um ritmo constante, que pode, inclusive, ajudar a melhorar a sua velocidade em terrenos mais planos e menos técnicos.

Uma modalidade muito em voga na Europa nos últimos anos, a marcha nórdica, possui o uso dos bastões e o pacing como ferramentas para o seu desenvolvimento.


Motivo 5: Auxiliam no equilíbrio

Os bastões de caminhada ajudam o praticante de trekking a equilibrar-se em terrenos difíceis. Muitas vezes em um trekking, alguns terrenos desafiam a capacidade de locomoção em lugares não muito planos.

Principalmente em situações como, por exemplo, cruzar córregos e rios, trilhas muito estreitas e pinguelas. Os bastões de caminhada auxiliam o posicionamento do corpo, permitindo mais tempo para traçar estratégias de locomoção e, claro, oferece uma estabilidade extra que evita tombos e quedas.


Motivo 6: Auxiliam a remover obstáculos

Galhos espinhosos, moitas, cipós, e outros objetos, podem ser removidos com facilidade pelos bastões de caminhada. Até mesmo as temidas teias de aranha podem ser removidas com o auxílio dos bastões de caminhada em muita dificuldade.

Além disso, os bastões de caminhada servem para auxiliar a verificar pedras soltas, solos ocos, profundidade de poças de água, entre outras situações comuns em um trekking.


Motivo 7: Auxiliam em momentos de descanso

Os bastões de caminhada auxiliam a aliviar um pouco o peso das mochilas durante uma caminhada longa. Durante alguma travessia ou trekking de longa distância, as mochilas são mais pesadas e isso impacta diretamente no rendimento do praticante de trekking.

Portanto, com ma mochila pesada é comum parar a todo tempo para descansar. Para isso os bastões de caminhada servem para auxiliar em uma posição de apoio, semelhante ao cumprimento oriental típico do Judô, inclinando o corpo para frente para descansar as costas do peso, apoiando-se nos bastões de caminhada.


Motivo 8: Ataque de animais

Os bastões de caminhada podem servir para o praticante de trekking proteger-se de uma taque de um cachorro, ou mesmo outro animal selvagem de pequeno porte.


Motivo 9: Auxilia na fotografia

Para o praticante de trekking que quer tirar fotografia e necessita de um pouco de estabilidade, pode utilizar o bastão de caminhada como um monopé.

Basta prender a câmera, ou o smartphone, com um elástico e um monopé é criado.


Motivo 10: Colabora para a concentração

Conseguir entrar no ritmo e aprender a usar corretamente os bastões de caminhada, colaboram com a concentração na atividade que se está realizando.

Distrações em atividades de trekking ou hiking, colaboram para pequenos acidentes bobos, ou mesmo perder-se no caminho.

banner-freddy-duclerc

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.