Associação Paraibana de Escalada se pronuncia sobre acidente fatal na Pedra da Boca

A Associação Paraibana de Escalada (APE) publicou no dia de hoje, através de sua fanpage, uma nota de esclarecimento sobre o falecimento do escalador Wolgrand de Melo Falcão, de 46 anos de idade, conhecido no comunidade como “Vulcabrás”, no último final de semana na Pedra da Boca. O escalador paraibano escalava a via “Abandono” e teve sua queda durante os procedimentos de rapel.

Segundo o delegado de Solânea-PB, Luiz Gonzaga, o qual atendeu à ocorrência, uma testemunha disse que houve um erro de procedimento, possivelmente provocado por distração do escalador. Segundo a mesma testemunha o escalador “Vulcabrás” teria errado o nó, quando posteriormente percebeu o erro segundos antes do acidente.

Foto : http://www.pbhoje.com.br

Dias depois pessoas em grupos de whatsapp, que pediram anonimato, afirmaram que o escalador durante o procedimento de rapel, somente uma corda foi passada pelo mosquetão ao preparar o rapel no ATC. Ao colocar o peso sobre o sistema aconteceu a queda fatal. Esta, entretanto, não é uma hipótese ainda confirmada pela perícia e trata-se apenas de especulação.

No pronunciamento, assinado em nome do presidente Stenio Torres Timotheo Figueiredo, a entidade informou que “iniciou a análise dos equipamentos, a perícia do local e a colheita do depoimento dos escaladores que presenciaram o fato”. Na mesma nota a entidade também acusou a imprensa que noticiou o caso de “sensacionalista” e que “não possuem nenhum embasamento técnico, tratando-se de meras especulações”.

No final da nota Figueiredo comunicou que tão breve for a conclusão da perícia, publicará outra nota sobre o resultado obtido assim como as conclusões a respeito do assunto.

Sensacionalismo

Sensacionalismo é um tipo de viés editorial na mídia em que os eventos e temas em notícias são mais exageradas para aumentar os números de audiência ou de leitores. O sensacionalismo pode incluir relatórios sobre assuntos geralmente insignificantes e eventos que não influenciam a sociedade em geral.

Caracteriza-se sempre por apresentações tendenciosas sobre temas de interesse jornalístico de uma forma trivial. No conteúdo de um veículo sensacionalista o assunto normalmente não afeta a vida das massas nem a sociedade. Desta maneira são assuntos de natureza “noticiosa” e nem sempre uma “notícia” de fato.

O termo “sensacionalista” atualmente é utilizado por quem deseja denegrir ou contestar alguma notícia da mídia em uma caracterização de pós-verdade (circunstâncias nas quais fatos objetivos têm menos influência do que a emoção e a crenças pessoais do leitor).

Grande parte do público que leram as primeiras notícias sobre a morte de Wolgrand de Melo Falcão, publicada por veículos paraibanos de notícias e que foram imprecisas quanto às causas do acidente, protestou. A comunidade de escaladores criticou o fato de que os veículos publicaram apressadamente sobre as causas sem perguntarem a pessoas com conhecimento técnico do esporte.

Durante estes protestos muitos relacionaram a imprecisão e especulação acusando os veículos a um viés de sensacionalismo.

Confira abaixo a íntegra da nota

É com imensa consternação que a APE – Associação Paraibana de Escalada, vem, pelo presente momento de muita dor o pesar no falecimento do mais célebre e ilustre escalador da Paraíba Wolgrand de Melo Falcão, que no final de semana de Páscoa, dia 15 de abril de 2017, sofreu acidente fatal na via denominada “Abandono (4° V E2 D1 50m) ”, situada na face sul da “Pedra do Oratório”, informa que as supostas causas do acidente veiculadas por alguns meio de comunicações e/ou impressa “sensacionalistas” não possuem nenhum embasamento técnico, tratando-se de meras especulações. Com o intuito de entender o que aconteceu e poder prevenir acidentes similares a APE já iniciou a análise dos equipamentos, a perícia do local e a colheita do depoimento dos escaladores que presenciaram o fato. Assim que a perícia for concluída a APE tornará a se pronunciar.

Que Deus conforte o coração de toda comunidade da escalada a seus familiares e amigos dessa grande perda para o esporte e o Montanhismo.

Stenio Torres Timotheo Figueiredo
PRESIDENTE da APE
Associação Paraibana de Escalada
CNPJ: 22.350.777/0001-19

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.