Alex Puccio e Nathaniel Coleman vencem campeonato americano de boulder

Os escaladores Alex Puccio e Nathaniel Coleman foram os campeões do campeonato americano de boulder (Bouldering Open National Championships) de 2017. Ambos escaladores foram exemplos cristalinos de superação de lesões. Coleman, que tinha sofrido uma lesão no dedo recentemente, já tinha ganho no ano passado confirmou sua boa forma e confirmou o título. Puccio operou a coluna cervical em uma intervenção delicada que encerrou sua temporada 2016 precocemente.

Alex Puccio consagrou-se como a maior ganhadora da história do torneio com seu 10º título. Ambos atletas confirmam as expectativas de boa participação americana nas etapas da copa do mundo de escalada. Seguindo a tendência de esportes que possuem engajamento forte de sua comunidade, mas ainda são desprezados pela mídia mainstream, transmitiu todo o evento através de seu canal de youtube (assista á cobertura na íntegra no topo do artigo)

Coleman emudece os críticos

No masculino Nathaniel Coleman já tinha se classificado com margem apertada de pontos para as finais e era considerado favorito após ter destronado Daniel Woods no ano passado. Woods, irreconhecível, não conseguiu repetir seus resultados expressivos e obteve um de seus piores rendimentos em campeonatos.

Coleman encadenou todos os cinco boulders da fase classificatória que selecionou 23 escaladores. Da semi para a final apenas nove são classificados, e Nathaniel classificou-se por muito pouco.

A maior promessa do momento, Kai Lightner, era considerado por muitos o principal candidato ao título, com revistas dando-lhe antecipadamente o título condecorando-o como herói.

A previsão dos “entendidos” mostrou-se bastante equivocada quando Coleman, de apenas 20 anos de idade, encadenou todos os boulders da final e sagrou-se bicampeão americano.

  • 1º – Nathaniel Coleman
  • 2º – Kai Lightner
  • 3º – Alexey Rubstov

Alex Puccio decacampeã

A americana Alex Puccio consagrou-se como um dos maiores nomes do esporte e consolidou sua recuperação física após duas lesões seguidas. Puccio já havia ganho a competição em nove edições anteriores (2006, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015). No ano passado Puccio havia perdido o título para a jovem promessa Megan Mascarenas.

A escaladora americana vinha de uma recuperação delicada após cirurgia na coluna vertebral, e mostrou que amadureceu sua técnica e performance neste tempo.

A categoria feminina estava cercada de muita expectativa porque não somente Mascarenas, mas também Ashima Shiraishi e Brooke Raboutou (apressadamente classificada de “heroína” por mídia não especializada).

Com uma performance irretocável Alex Puccio, que começou a competir com 16 anos,  sagrou-se campeã com 10 vitórias em 12 participações.

  • 1º – Alex Puccio
  • 2º – Ashima Shiraishi
  • 3º – Brooke Raboutou

Para saber os resultados: http://www.usaclimbing.org

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.