Alex Honnold e Hans Florine batem recorde de escalada em Yosemite

Um estilo particular da escalada é o Speed Climbing. Consiste em sair disparado escalando como uma máquina uma certa via no menor tempo possível. Algo semelhante seriam os escaladores cariocas começarem a adotar o estilo escalando a via Italianos no Pão de Açúcar no menor tempo possível, e após isso sair alardeando o tempo.

Alguns escaladores da velha guarda como Lynn Hill disse que seria o correspondente a te uma excelente garrafa de vinho e tomá-la na base do “vira-vira” em copos americano.

Opiniões à parte, há em Yosemite um tipo de reconhecimento da comunidade de quem escalar o “The Nose” no menor tempo possível.

Este tipo de disputa estéril foi retratada pelo filme “race for the nose” pela produtora Sender Films (Veja vídeo neste post).

Os escaladores Alex Honnold e Hans Florine hoje fizeram um intento de quebrar o recorde existente e conseguiram. Fizeram a via em 2 horas, 23 minutos, and 46 segundos. Praticamente 13 minutos mais rápido que os escaladores detentores do recorde (Dean Potter and Sean Leary estabeleceram em novembro de 2010).

A via escalada, “The Nose, possui cerca de 1000 metros de altura.

Para mais detalhes veja em: http://www.examiner.com/article/alex-honnold-and-hans-florine-break-the-nose-speed-climbing-record

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.