Inglaterra inaugura academia de escalada vegana

Foi inaugurada na Inglaterra, na cidade de Birmingham, a primeira academia 100% vegana do país. Desde a alimentação vendida na lanchonete, até mesmo as sapatilhas de escalada alugadas aos seus clientes, são todos produtos veganos. Alegando questões éticas, os adeptos do veganismo são contra a exploração de animais para a obtenção, ou desenvolvimento, de qualquer produto. Por isso os veganos boicotam vários produtos.

De maneira mais formal, os veganos afirmam que: O veganismo é uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade. A Revista Blog de Escalada já publicou vários artigos sobre o tema, sendo o primeiro e único de um veículo outdoor brasileiro a tratar o assunto de maneira aberta e elucidativa.

A academia batizada de Flash Climbing, implementou o uso de sapatilhas de escalada vegan-friendly (couro sintético e borracha sem exploração animal na manipulação) e comidas em sua cafeteria com leite de soja em seus cafés, bolos e outros tipos de opções de alimentação dos escaladores. A academia também oferece, além do muro de escalada, aulas de yoga, tecido acrobático e circo. Também são vendidas na academia camisetas de tecido de algodão orgânico (eticamente colhido, segundo os proprietários)

A ideia de um estabelecimento vegano saiu de um grupo de amigos que queriam um espaço que tivesse como principal característica a cultura vegana. Um de seus fundadores, o inglês Richard Twilton (vegetariano por 10 anos e vegano a 2), pediu demissão do emprego que tinha, além de vender o apartamento que possuía em Londres, para começar o empreendimento. A academia possui 300 m² de área para a prática de boulder com altura superior a quatro metros.

Para mais detalhes: http://www.flashclimbing.co.uk/

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.