17 montanhistas morrem em tragédia no Himalaia

Foto: EFE

Foto: Agência EFE | http://www.efe.com

O ano de 2014 estará como o mais trágico na história do montanhismo no Himalaia.

Próximo de 17 montanhistas que estavam fazendo trekking no Himalaia faleceram em decorrência de uma tempestade que os alcançou no percurso sendo logo seguido de uma avalanche provocada por um ciclone.

No mês de abril de 2014 morreram 12 sherpas em uma avalanche no Everest pelo mesmo motivo, tendo o fechamento da temporada de montanhismo cancelada.

Segundo informaram as autoridades nepalesas ao menos 17 montanhistas (entre eles quatro canadenses, dois poloneses e um israelita) morreram e tiveram seus corpos resgatados nesta nova tragédia no Himalaia.

Dois dos guias faleceram ontem à tarde (horário local) quando ficaram presos em uma tempestade de neve na passagem Throung La, que com uma altitude de 5.419 metros é o ponto mais alto do montanhismo no Annapurna, montanha de 8.091 metros.

Todas as informações e dados foram fornecidos pela agencia EFE e coletada junto ao porta voz do exercito nepalês Niranjan Shrestha.

Até o momento somente foram recuperados os corpos de dois poloneses, um israelita e um nepalês.

Se desconhece a nacionalidade das pessoas que ainda encontram-se enterradas na neve.

Outros 38 montanhistas que permaneciam presos no mesmo lugar foram resgatados por dois helicópteros.

No dia de ontem, quatro canadenses e um hindu morreram à noite enquanto praticavam trekking em uma remota zona do distrito de Manag.

Mais informações: http://www.clarin.com

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.